Aimé Cesaire e o racismo na histeria contra Lula

Aqui não importa ter sido o Lula que tenha falado sobre a questão Hitler /Holocausto/Israel. O que importa para nós do website é o desvelar que o filósofo de Martinica, Aimé Cesaire, nos traz. A constatação de que o ‘patrimônio’ exclusivo de: ‘sofrimento’, violação, degradação e extermínio dos judeus, pertence somente aos brancos. Para o filósofo, o crime de Hitler foi ele ter praticado contra os supremacistas brancos eurocêntricos. Ou seja, todos os outros holocaustos impetrados pelos supremacistas brancos por todos os continentes, não merecem ser ‘holocaustos’. Esse icônico extermínio com toda a honra que devemos, todo o planeta, reverenciar é só dos brancos europeus que casualmente professam o judaísmo. O resto continua sendo, de acordo com o centro do poder ideológico do supremacismo branco, incluindo para os que professam a colonialidade, só isso: resto de e da humanidade. E assim, como alguém ousa conspurcar esse relicário com o ‘resto’? E vemos que é só e tudo isso. Leia mais

Brasil indígena precisa de outras Forças Armadas

Felizmente por um lado e infelizmente por outro, o que preservou os nossos Povos Originários da sanha de exrtermínio que sempre mobilizou todos, mas todos mesmo, exércitos de todas as colônias, até os dias de hoje, dos três continentes americanos, foi a lição que o nosso honrado Marechal Cândido Rondon, imprimiu a somente alguns dos militares brasileiros. Nunca consegui entender porque as Forças Armadas brasileiras são contra todos os povos nativos e sempre defendem os interesses econômicos de qualquer cidadão que invada as terras que só são preservadas porque ali viveram e vivem os Povos Originários. São esses que devereriam ser honrados e guarnecidos porque tem sido pela mão deles que ainda temos algo que representa o solo pátrio. Todos os outros, supremacistas brancos, são entreguistas, vassalos, cruéis e autofágicos por seu narcismo gerado pela doutrina do capitalismo individualista e devastador. Leia mais

Como o agronegócio despovoa o campo

Os equívocos do agronegócio, em nosso ponto de vista, em sua arrogância ‘tecnológica’ e de aprimoramento da violência que levou à produção de alimentos no mundo, reflete-se não só na agressão aos ambientes, tanto em sua flora como fauna, como na criação de animais, além do criminoso envenenamento de tudo e de todos com seus agrotóxicos e adubos solúveis. Pior ainda, também gera a fome, a criminalidade e a miséria urbana. Como a exígua população abstada tanto do campo como da cidade, não consegue captar o erro do ‘agronecrócio’ em nosso País? Leia mais

Carne: produto agrícola brasileiro mais distante das regras antidesmate da UE

O mais cínico do chamado ‘agronegócio’, ou melhor, ‘agronecrócio’, é que tudo o que é produzido não tem como prioridade o povo brasileiro, o verdadeiro dono de todo o solo nacional, mas sim aqueles que, no boteco dos capitalistas, pagará mais alguns vinténs pelas riquezas da Nação. E assim, os que se apossaram, até com ‘documentação legal’, das terras do País, estão a serviço de seus bolsos e da satisfação dos domadores globais. E os capachos daqui, de quatro, ficam abanando o rabinho para os opressores de sempre. Leia mais

Agrotóxicos: Brasil lidera o uso no mundo, mostra levantamento da FAO

Depois alguns, inadvertidamente, poderão se questionar o porquê do website tratar o chamado ‘agronegócio’ de AGRONECRÓCIO’. Ou seja, o campo como necrotério, como espaço onde tudo é morte, destruição, devastação. Lugar onde os supremacistas brancos eurocêntricos praticam a doutrina da colonialidade, implementada pelo capitalismo devastador das ‘commodities’. Jamais do alimento, porque algo que vem envenenado e rico de contaminantes, como poderemos utilizar para nossas famílias e nossos filhos? Imaginem, mais venenos do que os EUA, ícone do ‘agribusiness’, e da China, outro país que prima pela contaminação de tudo e de todos, JUNTOS! Leia mais

Ecologia: quase 30 milhões de hectares de pastagens degradadas no Brasil podem ser convertidas em áreas agrícolas

por todos os materiais que temos publicado só existe um caminho para esse projeto que não consegue deslanchar enquanto as terras ‘degradadas’ estiverem nas mãos dos que tiveram a imensa capacidade de degradá-las. Assim, somente o Movimento dos Sem Terra que vem plantando milhares de mudas de árvores, junto com os quilombolas, povos originários e ribeirinhos podem recuperar muito mais do que os solos, recuperarão a verdadeira função social da terra que é a de produzir alimentos. E alimentos sem agrotóxicos, sendo portanto, saudáveis e próprios para consumo humano, como sempre frisou o genial Nasser Youssef Nars, do Espirito Santo. Leia mais

Emergência Climática: sob pressão política, JPMorgan deixa coalizão global de investidores por metas climáticas

Impressionante como os imensos esquemas dos rentistas são ‘sensíveis’ às críticas que a direita e extrema-direita, para nós do website, dos supremacistas brancos eurocêntricos que seguem a doutrina do capitalismo de extermínio, fazem sobre as ações que poderão representar a sobrevivência de todos. A pergunta é: por que não são assim tão ‘sensíveis’ e ‘suscetíveis’ às pautas que representam uma estabilidade existêncial inclusive de seus capitais? Ou seja, de seus rentistas, porque se houver uma debacle global, são os ‘homens do dinheiro’ que irão sofrer a sua falta, já que os que não têm ou nunca tiveram, continuarão como sempre estiveram… despossuídos, depauperados e varridos! Leia mais

Dicamba: níveis alarmantes encontrados em estudo com mulheres grávidas

Uma história de horrores o que está se presenciando pelo uso de vários tipos de herbicidas nos EUA, que se flagra nos corpos de mulheres grávidas. E isso acontece no coração do agribusiness, modelo ideológico copiado pelo Brasil e traduzido com agronegócio. Mais uma constatação de que essa ideologia segue a doutrina do capitalismo devastador e da colonialidade. O seu lema é a ‘proteção da cultura’ quando deveria ser a ‘proteção do dinheiro’ e a agressão violenta a todos os seres vivos do Planeta. Será que esse argumento de serem danosos às mulheres grávidas já não seria suficiente para suspendê-los imediatamente? Leia mais

Glifosato: preste muita atenção ao que a ciência diz sobre ele

Que presente estamos recebendo! Um médico, pediatra, demonstrando o que o herbicida é e está causando à saúde de todos. A começar pelas criançs. E mias importa em comunhão com toda a comunidade dos pediatras dos EUA. Provam e comprovam o que dizem não só com suas experiências profissionais, mas com o respaldo de dezenas de estudo científicos. Só contesta quem está contaminado pelo vírus do supremacismo branco eurocêntrico e guiado pela doutrina do capitalismo devastador. Leia mais

Ervas daninhas: avançam nas terras agrícolas dos EUA, produtos químicos perdem eficácia

A impertinência é tanta como se o que está aí fosse imutável e que outros processos de produção de alimentos não existissem além do agribusiness/agronegócio. A ganância e a autofagia estão tão enraizadas nos corações e mentes que matar, envenenar, extinguir, devastar, liquidar a Vida na Terra, não é nem notado como um ato criminoso, mas sim como uma ‘saída’ para ‘produzir’ saúde e harmonia através de suas ‘commodities’ e seus negócios ‘alimentares’, impulsionados pela morte. Leia mais